sexta-feira, 8 de maio de 2009

Futuro do jornalismo, sinais dos tempos, Rangel e a ética, agressões a jornalista

Futuro do jornalismo discutido no Senado norte-americano. Menos carga fiscal e alteração às limitações da lei anticoncentração foram medidas sugeridas. No DN.


Sinais dos tempos… Publicidade a jornais na RTP passa a institucional. Parecer jurídico afirma que a imprensa preenche objectivo de interesse público. Também no DN


Emídio Rangel: PS nunca soube gerir a área da comunicação social. Rangel falou ainda do estado actual do jornalismo. No seu entender o jornalismo em Portugal está degradado e sem princípios éticos e deontológicos. Para ler no Público.

Princípios… éticos e deontológicos?! Rangel já se deve ter esquecido do seu protagonismo à frente da SIC retratado por Mariana Otero, em 1997, no coumentário Cette télevision cést la vôtre. Enfim.


Jornalista de Vizela agredido duas vezes. O Ministério Público de Guimarães investiga a dupla agressão a um jornalista do ‘Notícias de Vizela’, sendo que a primeira foi por um funcionário da autarquia, devidamente identificado. Desta vez deviam ir até ao fim...No CM.

Sem comentários:

Enviar um comentário